Pelos encravados

O pelo encravado acontece quando o pelo encontra dificuldade em romper a pele e se curva embaixo da mesma, o que gera dor, inflamação e pode gerar até infecção. O pelo encravado pode passar por diferentes estágios: desde o momento que está embaixo da pele, passando por uma inflamação, até a formação de um cisto, quando chega ao estágio de bastante dor local.

Existem diversos motivos para o surgimento do problema, como excesso de oleosidade, ondulações na pele, remoção dos pelos, formato do pelo, tamanho do poro e uso de roupas apertadas. O atrito também favorece o pelo encravado. As opções de tratamento incluem a depilação a Laser, pois remove os pelos de forma definitiva; a fotodepilação, que também auxilia em casos frequentes de foliculite; e a esfoliação, que além de evitar o problema, também pode resolver quando o pelo está superficial. Em casos extremos, há alternativas como a remoção médica por incisão, uso de ácidos e até pomadas com antibióticos.