Estimulação russa

 Indicação facial e corporal

Esse procedimento estimula o trabalho das diferentes fibras musculares, gerando um aumento da tensão muscular, melhorando o tônus, estimulando o fluxo sanguíneo e linfático. A técnica diminui a flacidez, aumentando a rigidez da musculatura, e melhora o contorno facial ou corporal.

A estimulação russa é indicada para tratar a flacidez muscular dos glúteos, abdômen, coxas, braços e rosto. Além disso, pode ser feita no pós-parto, após emagrecimento, antes e depois de cirurgias plásticas.