Cicatriz hipertrófica e queloide

Após um machucado ou trauma, é esperado que seja formada uma cicatriz no local. Em alguns casos, a cicatrização fica mais evidente, com uma aparência pior do que o esperado. Existem dois tipos de cicatrização com defeito: as cicatrizes hipertróficas, que são mais altas do que o normal, mas limitadas à região da cicatriz; e as cicatrizes queloideanas, que ultrapassam a região da cicatrização.

Existem vários tratamentos para essas condições, como infiltração de ativos na área, microagulhamento, Laser Fracionado e Luz Pulsada. Essas técnicas são capazes de melhorar o aspecto, a altura e a cor da cicatriz, mas não tem a capacidade de extraí-la totalmente. Nenhum tratamento é capaz de tirar uma cicatriz definitivamente.